Negócios

Uber procura gerente para operações de transporte aéreo em Nova York

A expectativa é que os primeiros testes da Uber Elevate sejam feitos no próximo ano e que o serviço esteja em funcionamento até 2023

Uber procura gerente para operações de transporte aéreo em Nova York

A companhia já entrou em contato com a Nasa e a Tesla para parcerias no desenvolvimento veículo elétrico de decolagem e pouso vertical (eVETOL, na sigla em inglês)

A Uber está procurando um gerente de operações aéreas para a Uber Elevate em Nova York. Entre as funções descritas no site da companhia estão a supervisão e o agendamento de passageiros para o sistema de táxi e delivery aéreo e a identificação de problemas no sistema. Os candidatos devem ter no mínimo sete anos de experiência na gestão de operações aéreas e amplo conhecimento das regulamentações da FAA, a autoridade aérea dos Estados Unidos.

A Elevate é o braço aéreo do popular aplicativo de transporte e delivery, incluindo o Uber Air, o futuro serviço voador de transporte executivo. A companhia já entrou em contato com a Nasa e a Tesla para parcerias no desenvolvimento veículo elétrico de decolagem e pouso vertical (eVETOL, na sigla em inglês).

A expectativa é que os primeiros testes operacionais sejam feitos no próximo ano e que o serviço esteja em funcionamento até 2023 em grandes metrópoles dos EUA. Também é cogitada a estreia em países como Austrália, Brasil, França, Índia e Japão.

O anuncio da vaga precede a realização da 3ª edição do Uber Elevate Summit, que será realizado entre os dias 11 e 12 de junho, em Washington, para debater o futuro do transporte aéreo executivo. A expectativa é que novas informações sobre a Uber Elevate sejam revelados durante as apresentações.