Geral

Uber compra concorrente do Oriente Médio por US$ 3,1 bilhões

Com sede em Dubai e fundada em 2012, a Careem se tornou o principal aplicativo de transporte da região, com 30 milhões de usuários cadastrados em mais de 90 cidades

Uber compra concorrente do Oriente Médio por US$ 3,1 bilhões

A Uber anunciou a compra da Careem, a sua maior rival no Oriente Médio, em um negócio de US$ 3,1 bilhões (R$ 12 bilhões), nesta terça-feira (26). A companhia norte-americana irá pagar US$ 1,4 bilhão (R$ 5,4 bilhões) em dinheiro e outro US$ 1,7 bilhão (R$ 6,5 bilhões) em títulos que podem ser convertidos em ações da companhia após a sua abertura de capital, previsto para as próximas semanas.

Com sede em Dubai e fundada em 2012, a Careem se tornou o principal aplicativo de transporte da região, com 30 milhões de usuários cadastrados em mais de 90 cidades no Oriente Médio e Norte da África. A empresa foi avaliada em US$ 2 bilhões (R$ 7,7 bilhões) em uma rodada de financiamento em outubro. Esta foi a maior transição de uma empresa de tecnologia da história na região.

A aquisição histórica foi anunciada semanas antes da Uber oficializar a sua entrada no mercado de ações, com expectativa de somar mais de US$ 120 bilhões (R$ 464 bilhões), um dos maiores IPOs da história.

A Careem irá manter a sua marca e será incorporada como uma subsidiária da Uber. O atual CEO, Mudassir Sheikha, permanecerá à frente da empresa. A Uber entrou no Oriente Médio em 2013, mas nunca conseguiu superar a concorrência da rival.