Tecnologia

Uber começa a testar serviço mensal de assinatura para todos seus aplicativos

Por US$ 24,99 mensais, a Uber está testando em San Francisco e Chicago uma assinatura que dá desconto nas corridas e não cobra entregas no Eats

Uber começa a testar serviço mensal de assinatura para todos seus aplicativos

A Uber afirmou que contratou 8 mil pessoas no último ano, passando de 18 mil em 2018 para 26 mil até março de 2019

O próximo passo para a Uber fidelizar seus clientes será em forma de um serviço de assinatura que abarcaria todos os seus aplicativos – o serviço de transportes, Uber Eats e JUMP Bikes, serviço de aluguel de bicicletas da empresa presente nos Estados Unidos segundo o site TechCrunch. Para tal, a empresa começará a testar um passe mensal de US$ 24,99 nas cidades de San Francisco e Chicago que dará aos assinantes desconto em todos as corridas pelo aplicativo, entrega grátis no Eats e aluguel gratuito das bicicletas e scooters elétricas da JUMP. Em outros locais dos Estados Unidos, será oferecido um pacote mais barato com descontos nas viagens e entrega grátis no Eats em compras acima de determinado valor.

As informações chegam após o portal especializado em tecnologia ter vazado imagens de uma tela mostrando um serviço de assinatura para o Uber Eats. A empresa confirmou os rumores em nota para o TechCrunch que diz “dos carros as refeições e tudo entre eles, nós estamos sempre buscando maneiras de transformar a Uber em sua primeira opção para necessidades diárias”.

Desde outubro de 2018 o aplicativo oferece nos Estados Unidos o Ride Pass, serviço de assinatura de US$ 24,99 ao mês que garante aos usuários descontos em todas suas corridas feitas no app. Porém as novas informações foram as primeiras a confirmar a junção de todos os produtos da companhia em uma única assinatura.

A redação da DINHEIRO entrou em contato com a Uber Brasil sobre a possibilidade da chegada do serviço de assinatura no Brasil, mas não obteve resposta até a publicação desta nota.