Giro

Turquia acusa Emirados de “trair a causa palestina”

Turquia acusa Emirados de “trair a causa palestina”

O chanceler turco, Mevlut Cavusoglu, em uma entrevista coletiva em Berlim em 2 de julho de 2020 - Pool/AFP/Arquivos

A Turquia acusou os Emirados Árabes Unidos de “trair a causa palestina” ao aceitar um acordo de normalização das relações com Israel, com mediação dos Estados Unidos.

“Enquanto trai a causa palestina para servir a seus pequenos interesses, os Emirados Árabes Unidos se esforçam para apresentar isto como uma espécie de sacrifício pelos palestinos”, afirma um comunicado do ministério turco das Relações Exteriores.

Emirados Árabes Unidos e Israel anunciaram na quinta-feira a normalização das relações, como parte de um acordo histórico que converte a federação de sete emirados no terceiro país árabe com o qual o Estado israelense mantém relações diplomáticas, após os acordos assinados com Jordânia (1994) e Egito (1979).

O acordo, anunciado pelo presidente americano Donald Trump, contempla que Israel renuncie ao plano de anexação de territórios palestinos da Cisjordânia ocupada.

“A História e a consciência dos povos da região nunca esquecerão esta hipocrisia e nunca a perdoarão”, completa a nota do ministério turco.

Fervoroso defensor da causa palestina, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, critica de maneira habitual os países árabes, que na sua visão não adotam uma atitude suficientemente firme ante Israel.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?