Giro

Tsunami pode ter provocado danos significativos em Tonga; comunicação segue cortada

Por Praveen Menon

WELLINGTON (Reuters) – Atingida por um tsunami, Tonga permanece praticamente incomunicável, com as linhas telefônicas e de internet sem funcionamento, deixando parentes na distante Nova Zelândia apreensivos por suas famílias nas ilhas do Pacífico, uma vez que os relatos de vítimas ainda não foram divulgados.



Um vulcão submarino em Tonga entrou em erupção no sábado, provocando alertas de ondas de tsunami de 1,2 metro e ordens de retirada da população nas áreas costeiras do país, bem como em várias ilhas do Pacífico Sul, onde imagens nas mídias sociais mostraram as ondas atingindo casas costeiras.

As linhas de internet e de telefone caíram por volta das 18h40, horário local, no sábado, deixando os 105.000 residentes nas ilhas praticamente incomunicáveis.

Ainda não há relatos oficiais de feridos ou mortes em Tonga uma vez que a comunicação está limitada e ainda não foi possível estabelecer contato com áreas costeiras periféricas além da capital Nuku’alofa e mais próximas do vulcão, disse Jacinda Ardern, primeira-ministra da Nova Zelândia, em coletiva de imprensa neste domingo.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia


Tonga, uma nação insular com cerca de 105.000 habitantes, fica 2.383 quilômetros a nordeste da Nova Zelândia.