Economia

Trump: Opep e outros países estão perto de acordo


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quinta-feira, 9, que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e “outros países” estão perto de um acordo sobre cortes na produção e “provavelmente vão anunciar algo hoje ou amanhã”. Em coletiva de imprensa na Casa Branca, o republicano disse que conversou há pouco com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e com o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman.

“Tivemos uma conversa muito boa,”, declarou Trump. A Opep e aliados, grupo conhecido como Opep+, se reuniram nesta quinta-feira para negociar um acordo para um corte de oferta que eleve os preços da commodity, afetados por um impasse entre sauditas e russos e pela queda na demanda gerada pela pandemia de coronavírus. “Veremos agora o que acontece”, disse Trump.

Segundo a Dow Jones Newswires, todos os membros da Opep+ concordaram com um corte de 10 milhões de barris de petróleo por dia entre maio e junho. Os sauditas, segundo a agência, estariam dispostos a estender as reduções na oferta até 2022.

Na coletiva de imprensa da Casa Branca, o presidente Trump afirmou, ainda, que o governo tem tido conversas com companhias aéreas e que “um grande pacote” de ajuda financeira pode ser concedido ao setor.