Economia

Tribunal da UE rejeita contestação da Rosneft a sanções contra Rússia

O principal tribunal da União Europeia rejeitou hoje um recurso da petrolífera estatal russa Rosneft contra sanções econômicas impostas pelo bloco à Rússia, com o argumento de que não há fundamentos para contestar a validade das punições.

As sanções foram anunciadas em 2014, em resposta à anexação da região da Crimeia pela Rússia e à intervenção de Moscou no leste da Ucrânia.

A Rosneft foi uma das empresas afetadas pelas sanções, que restringem transações financeiras e o acesso a mercados de capitais a uma série de estatais russas, proíbem exportações de tecnologia para o setor de energia e impedem o fornecimento de serviços para operações com petróleo.

Em resposta, a Rosneft classificou a decisão do tribunal de “ilegal, sem fundamento e de caráter político”. Fonte: Dow Jones Newswires.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

Rosneft sanções UE