Geral

Três suspeitos de ataques a bancos morrem em confronto com a PM em Bauru (SP)

Três homens, suspeitos de integrarem uma quadrilha que atacava bancos com explosivos, foram mortos em confronto com a Polícia Militar (PM), na noite desta quinta-feira, 23, em Bauru, no interior de São Paulo.

O grupo estava em uma casa, no Vale do Igapó. O local foi cercado pela PM e houve tiroteio. Um quarto suspeito conseguiu furar o cerco e fugiu. No local, os policiais apreenderam uma metralhadora calibre 762 e explosivos, além de outras armas e munições.

De acordo com a Polícia Civil, os policiais declararam ter recebido denúncia anônima sobre a movimentação na casa. As equipes chegaram ao local por volta das 22h40 e foram recebidas a tiros. Os suspeitos Ricardo Monteiro Domingues dos Santos, Alan Pereira de Silva e Francis Ferreira de Jesus foram atingidos pelos policiais. O socorro chegou a ser acionado, mas eles não resistiram.

A PM exibiu escudos usados pelos policiais que também foram atingidos por disparos feitos pelos suspeitos. Além da metralhadora, foram apreendidas duas pistolas ponto 40, uma calibre 380, um colete balístico e um carro.

O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado para retirar os explosivos em emulsão gel que eram estocados no local. A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o confronto. Até a manhã desta sexta-feira, 24, não havia informação sobre a vida pregressa dos suspeitos.

Veja também

+ Quarta parcela do auxílio sai hoje (14) para os nascidos em agosto

+ Cunhado de Maradona morre de Covid-19 na Argentina

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?