Tecnologia

Trem Olímpico

Crédito: Divulgação

Não tem motorista algum no trem bala que vai levar atletas para Pequim e Zhangjiakou, nas Olimpíadas de Inverno na China, em fevereiro deste ano. O novo teste e apresentação do Fuxing colocou o transporte a incríveis 349 km/h, muito próximo dos dois mais velozes trens do planeta, um no Japão e outro na França.

Com possibilidade de levar 564 pessoas por viagem em oito vagões, os 170 quilômetros de distância e 50 minutos entre a capital da China e Zhangjiakou vão ficar uma moleza ­— e os jornalistas terão um estúdio para fazer transmissão em 5G para onde quiserem, ainda em movimento.

Para mitigar problemas com a Covid-19, o país adotará uma bolha em looping fechada, permitindo que atletas, oficiais e jornalistas se movam somente em certos locais.

Denis cardoso

(Nota publicada na edição 1256 da Revista Dinheiro)