Negócios

Treinamentos em alta

Crédito: Rodrigo Santos

O isolamento social causado pela pandemia forçou organizações a investirem em treinamentos remotos neste último ano. Uma das referências nesse segmento, a Posiciona Educação e Desenvolvimento mudou todos os seus cursos para o formato on-line e registrou crescimento de 50% em 2020.

Foram 388 treinamentos remotos durante o ano, para empresas como Hering, Riachuelo, TIM, Grupo Fleury, Alpargatas, Aurora, Danone, BRF, Minerva Foods e Petz. Em 2021, a estimativa é crescer outros 40%, segundo a CEO Carol Manciola. Com mais de 80 clientes, a empresa se diz pronta para seguir no virtual e, quando a pandemia acabar, seguir em um modelo híbrido.

(Nota publicada na edição 1216 da Revista Dinheiro)