Ciência

Treinamento da tripulação da primeira viagem privada à ISS começa em breve

Treinamento da tripulação da primeira viagem privada à ISS começa em breve

A Estação Espacial Internacional fotografada em 2018 de uma espaçonave Soyuz - NASA/AFP/Arquivos

O treinamento da tripulação que fará a primeira viagem inteiramente privada à Estação Espacial Internacional (ISS) deve começar em breve, informou a Axiom Space, a empresa por trás do voo, em uma coletiva de imprensa conjunta com a Nasa.

Quatro astronautas serão enviados à ISS no final de janeiro a bordo de um foguete construído por outra empresa espacial, a SpaceX de Elon Musk.

Apenas um dos quatro – o veterano da Nasa Michael Lopez-Alegria – já esteve no espaço antes. Os outros três são empresários: o norte-americano Larry Conner, o canadense Mark Pathy e o israelense Eytan Stibbe.

A missão apelidada de Ax-1 deve durar cerca de 10 dias, segundo o presidente e CEO da Axiom, Michael Suffredini.

Os astronautas trabalharão e viverão na seção norte-americana da estação espacial e planejam conduzir uma série de experimentos científicos enquanto estiverem em órbita.

“Iniciaremos o que eu chamaria de treinamento sério na próxima semana”, afirmou Lopez-Alegria, o comandante da Ax-1. “A partir daí, o ritmo aumentará e no outono todos estaremos imersos em tempo integral nos sistemas da ISS e no treinamento da Crew Dragon”.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Ele disse que os quatro estiveram juntos poucas vezes por causa da pandemia de covid-19, mas farão uma viagem para acampar no Alasca em julho.

Lopez-Alegria contou que começará seu treinamento em tempo integral em agosto e Connor, o piloto da missão, em setembro. A partir de outubro, os quatro começarão em Houston o treinamento dos sistemas da ISS e da cápsula Crew Dragon, da SpaceX.

A Axiom Space considera a missão um primeiro passo em seu plano para construir a primeira estação espacial comercial.

Questionado sobre o custo da missão, Suffredini declarou que geralmente não falam “sobre preços específicos”, mas acrescentou: “Tem sido amplamente relatos números na casa das dezenas de milhões – o que eu não contestaria.”

Phil McAlister, diretor de desenvolvimento de voos espaciais comerciais da Nasa, disse que a Ax-1 é um “renascimento do voo espacial humano nos EUA”.

A agência espacial dos Estados Unidos pretende realizar duas dessas missões privadas por ano.

“Estamos vendo muito interesse em missões astronautas privadas”, afirmou Angela Hart, gerente de desenvolvimento comercial da Nasa para a órbita terrestre baixa. “A demanda hoje excede as oportunidades que acreditamos que existirão na estação”, apontou.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel