Mundo

Transporte público de Berlim promete viagens relaxantes com bilhetes comestíveis de maconha

Crédito: REUTERS/Leon Malherbe

Pessoa segura bilhete de trem comestível de maconha em Berlim (Crédito: REUTERS/Leon Malherbe)

BERLIM (Reuters) – A operadora do transporte público de Berlim BVG apresentou um “bilhete de maconha” comestível que ela brinca que ajudaria a aliviar o estresse das viagens no Natal e aliviar o famoso mau humor dos berlinenses.

A empresa de transporte tem a reputação de campanhas promocionais engraçadinhas, e esta aproveita notícias da nova coalizão alemã de que a Alemanha pode se tornar o primeiro país europeu a legalizar a maconha e autorizar a sua venda para fins recreativos.



“Claro que tudo isso tem que ser encarado na brincadeira”, disse o porta-voz da BVG, Jannes Schwentu, acrescentando que a mensagem do bilhete era “pegue ônibus ou metrô durante o estressante período do Natal”.

+TJ-SP encerra processo contra juiz que soltou trio com 133kg de maconha

A BVG disse que o seu bilhete não contém substâncias proibidas e é feito de papel comestível regado com óleo de cânhamo que vem das sementes da cannabis e “que dizem ter um efeito relaxante”.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia


O óleo de cânhamo usado nos bilhetes não contém cannabidiol (CBD) ou tetrahidrocanabinol (THC).

Os bilhetes, disponíveis por uma semana, custarão 8,80 euros e são válidos por 24 horas.


“Deixamos muito claro que quem quiser usar o bilhete como um bilhete mesmo, por favor, apenas o morda ou o coma depois da sua viagem porque, se ele estiver mordido, não será mais válido”, disse Schwentu.

(Reportagem de Riham Alkousaa e Tanya Wood)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHBD15R-BASEIMAGE