Negócios

Toyota anuncia investimento de R$ 1 bilhão em fábrica de São Paulo para expansão e produção de novo carro

Montadora japonesa irá expandir sua fábrica em Sorocaba. Expectativa de João Doria é de que o investimento gere até 3.000 novos empregos indiretos

Crédito: AFP/Arquivos

Em evento no Japão que contou com a presença de João Doria, a Toyota anunciou investimento de R$ 1 bilhão para expansão de sua fábrica em Sorocaba, no interior do estado de São Paulo. O CEO da companhia na América Latina, Masahiro Inoue, disse que novas 300 vagas de trabalho serāo criadas e que o investimento servirá também para a produção um novo modelo de carro será fabricado no país.

Rafael Chang (Esq.), presidente da Toyota Brasil; o governador de São Paulo, João Doria; e Masahiro Inoue, presidente da Toyota América Latina
Rafael Chang (Esq.), presidente da Toyota Brasil; o governador de São Paulo, João Doria; e Masahiro Inoue, presidente da Toyota América Latina (Crédito:Governo de São Paulo/Divulgação)

O anúncio fez parte da agenda de João Doria no Japão, que visita o país nesta semana em viagem para atrair negócios para o estado de São Paulo. O governador estima que a expansão criará até 3.000 vagas indiretas entre 2019 e 2020. A indústria automobilistica é uma das apostas do político para reduzir o desemprego no estado. Em março Doria lançou o IncentivAuto, programa de descontos progressivos de até 25% do ICMS para empresas que investirem a partir de R$ 1 bilhão e criarem 400 empregos. A Toyota fica fora do programa por gerar 100 vagas a menos do que o necessário para se enquadrar no programa.

Os detalhes do novo modelo de carro que será fabricado em Sorocaba não foram divulgados, mas há a expectativa de que seja um SUV compacto, segmento em alta no Brasil e que atualmente é uma lacuna no portfólio da Toyota no Brasil. É esperado que o lançamento venha equipado com a tecnologia híbrido flex, desenvolvida especialmente para o Brasil, onde será possível utilizar gasolina, etanol e energia elétrica como força motriz do veículo. Atualmente os novos Corolla já empregam a novidade.

O acordo é um alento para a indústria, que viu em 2019 diversas notícias negativas, com a GM anunciando o fechamento de suas fábricas em São Caetano e São José do Campos – e depois voltando atrás – e a Ford vendendo sua fábrica de São Bernardo para o grupo Caoa.