Geral

Torcedores do Paraguai e do Catar começam a chegar ao Maracanã

A euforia e o otimismo já contagiam os torcedores das seleções do Paraguai e do Catar no entorno do Estádio do Maracanã, antes da partida marcada para as 16h deste domingo (16). 

Os irmãos Fernando e Ruben Cáceres, que moram próximo à capital paraguaia Assunção, estavam confiantes em uma vitória do Paraguai. Eles acreditam que podem levar o título da Copa América para casa.

“Pode ser que sejamos campeões, mas o Brasil é uma potência, juntamente com o Uruguai”, disse Fernando, que estuda administração. “Não tem candidato certo ao título. É partida por partida nesta Copa. Mas o Paraguai tem muita garra”, frisou Ruben, estudante de direito. “Esta partida é fácil só na teoria”, completou Fernando.

Já o Catar, próximo país a sediar a Copa do Mundo, em 2022, trouxe um pequeno grupo de torcedores, mas conseguiu uma legião de fãs entre os brasileiros e estrangeiros, que ganharam lenços, bandeiras e camisetas do país árabe para fazer bonito no Maracanã.

Vestidas com camisas da seleção brasileira, as amigas Andreia Freitas e Silvania Martins afirmam que vão torcer para o Catar. “Em partidas internacionais não existem jogos fáceis, todos eles são difíceis, tanto para o Paraguai quanto para o Catar. Acho que vai ser 1 x 0 para o Catar”, previu a economista Andreia. “O meu palpite é 2 x 1 para o Catar, arriscou a aposentada Silvania”, que explicou o porquê de torcer pelos árabes: “Acho maneiro o ritmo do país, tudo direitinho, muito bonito”.

O casal marroquino Fatima Zahra e Khalel Aouane, que atualmente mora em Paris, veio pela primeira vez ao Brasil para torcer pelo Catar. “Eu espero que o Catar vença. Eu torço pelo Catar porque sou árabe”, explicou ela, que estuda negócios. “Eu acho que o Paraguai vai vencer, porque é mais forte que o Catar, tem uma equipe melhor. Eu queria muito conhecer o Maracanã”, disse Khalel, que trabalha no mercado financeiro e se encantou com o Brasil: “Quero voltar outras vezes aqui”.