Negócios

TJ-SP suspende ordens de despejo contra a varejista TNG

Com o pedido de recuperação judicial protocolado recentemente, a varejista TNG obteve a suspensão por 180 dias das ordens de despejo dos pontos comerciais em shopping centers. A decisão foi tomada na quarta-feira, 9, pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

“Os pontos comerciais são uma fonte de renda muito importante para a recuperanda. Retirá-la desses locais impactaria diretamente em sua recuperação judicial, e consequentemente na sobrevivência da companhia e no pagamento das dívidas com os seus credores, inclusive com os próprios locadores”, comenta Odair de Moraes Jr, sócio do escritório Moraes Jr. Advogados, que assessora a recuperação judicial da TNG.

Ele afirma que, nos próximos dias, a companhia deve apresentar o plano de recuperação judicial.



Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago