Geral

TJ-SP suspende liminar que impedia Sabesp de captar água do Rio Itapanhaú

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) suspendeu a liminar que impedia que a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) desse continuidade ao licenciamento das obras de captação de água na bacia do Rio Itapanhaú, na Serra do Mar.

Em nota, a Sabesp informa que o despacho do TJ-SP avalia que os estudos ambientais apresentados pela empresa já haviam sido aprovados pelos órgãos gestores das unidades de conservação, da Fundação Florestal e do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema) antes de a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) emitir a licença prévia para a obra.

“Não se vislumbra razão relevante para a paralisação do processo de licenciamento ambiental da obra de aproveitamento da bacia do Rio Itapanhaú, cujo objetivo é reforçar o abastecimento público da Região Metropolitana de São Paulo”, diz o documento.

Segundo a Sabesp, a obra permitirá a transferência de dois mil litros de água por segundo para o reservatório de Biritiba Mirim, pertencente ao sistema Alto Tietê. A obra possui investimentos estimados em R$ 170 milhões.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?