Negócios

“Tivemos um giro de 92,8% do nosso portfólio de Páscoa”, conta a CEO do Grupo CRM

Crédito: Divulgação

“Compartilhar é mais estratégico do que dividir", diz Renata Vichi, CEO do Grupo CRM (Crédito: Divulgação)

A crise causada pela pandemia do coronavírus no País não impactou com tanta intensidade o Grupo CRM. Em entrevista à revista IstoÉ Dinheiro, em transmissão ao vivo nas redes sociais hoje (21), Renata Moraes Vichi, CEO do conglomerado, revelou que as suas marcas controladas Kopenhagen, Kop Coffee, Chocolates Brasil Cacau e parte da operação da suíça Lindt no País ultrapassaram as projeções de vendas para o período da Páscoa.

“Pensei que o giro do nosso portfólio de Páscoa seria de 40%. Mas, superamos as expectativas com um giro de 92,8%. As vendas aconteceram como se não tivesse a pandemia da Covid-19, vai ficar na nossa história”, explica Renata.

Em entrevista a Celso Masson, diretor de núcleo da Editora Três, a executiva revelou que o CRM criou um comitê de crise para ultrapassar os imprevistos que surgiram devido à Covid-19, doença do coronavírus, no País.

“Como grande parte das lojas do grupo estão em shoppings, tivemos que pensar como chegar ao consumidor. Investimos forte no digital e em estratégias para os franqueados. Em uma semana entramos nas plataformas de delivery como Rappi e iFood. Além disso, ativamos as vendas por WhatsApp e centralizamos nossa operação no e-commerce.”

+ A força feminina nos negócios
+ Chocolate combina com café

As estratégias da empresa também contaram com o apoio da consultoria Heartman House, principalmente no olhar digital. Para a CEO, a maior transformação que o grupo tem vivido é o trabalho de forma mais colaborativa.

“Compartilhar é mais estratégico do que dividir. Quando a gente colabora nos movemos a passos mais largos. Acredito que esse será o grande legado para as empresas no pós-pandemia”, estima Renata.

A executa acredita que o consumo de chocolate no País será mantido, mesmo com uma possível diminuição da renda dos consumidores.

A fábrica do grupo, que esteve fechada durante um período, já está operando novamente, mas com redução de jornada de 50%.

“Estamos trabalhando para fabricar os produtos mais perecíveis e novidades para o Dia dos Namorados. Nossa campanha para a data começa hoje e desenvolvemos itens com alto valor agregado”, finaliza.

Veja a seguir a entrevista completa com Renata Moraes Vichi:

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?