Edição nº 1138 16.09 Ver ediçõs anteriores

TIM vai a campo

Em tempos de concorrência acirrada no mercado de telefonia, a operadora TIM vai intensificar sua aposta em negócios fora dos grandes centros. Em parceria com a Nokia e fabricante de máquinas agrícolas Jacto, a empresa está distribuindo sinal 4G em propriedades rurais do Mato Grosso. A mais recente foi na megafazenda Água Quente, propriedade da Amaggi, uma das principais empresas agrícolas do Brasil com atuação nas áreas de produção agrícola, logística e operações, commodities e energia. O projeto-piloto, batizado de “Telemeclima”, vai conectar cerca de 700 equipamentos agrícolas, além de outros dispositivos que possam utilizar a rede 4G da TIM para melhorar a atuação na fazenda. “Queremos contribuir com a nossa expertise para facilitar a vida do produtor, aumentando sua produtividade”, diz Alexandre Dal Forno, diretor da TIM Brasil. “Nossa meta que é conectar cinco milhões de hectares com o 4G até o fim deste ano.”

(Nota publicada na Edição 1128 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Negócio de gente grande

Um dos maiores complexos temáticos do País, o cearense Beach Park deve fechar o ano com crescimento de mais de 20% sobre 2018. O grupo, [...]

Lugar de médico é no shopping

A proliferação das clínicas médicas populares tem levado grandes redes do setor a locais, digamos, pouco convencionais do mercado da [...]

Unidos pelo bilhão

A Duff & Phelps do Brasil, consultoria global de finanças corporativas, e a Kroll, empresa mundial de gestão de riscos e [...]

À procura de imigrantes

Enquanto o Brasil não sabe o que fazer com mais de 11 milhões de desempregados, o Canadá não sabe como preencher suas vagas de [...]

Contrate bem sem olhar a quem

A operação brasileira Oracle, uma das mais importantes da gigante americana de tecnologia, selecionou um recurso da brasileira HRTech [...]
Ver mais