Negócios

TIM desembolsará R$ 4 milhões para ressarcir clientes por cobranças indevidas

Crédito: Divulgação

O montante é de até R$ 4 milhões (Crédito: Divulgação)

A TIM vai desembolsar R$ 4 milhões para ressarcir clientes que sofreram cobranças indevidas. O acordo vem do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) celebrado entre a empresa e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Como parte do Plano de Reparação dos Usuários, a TIM criou em seu portal uma área para que esses consumidores que não são mais clientes da operadora identifiquem se têm direito ao ressarcimento. Para realizar a consulta, basta informar o CPF ou o CNPJ.

+ Compra da Oi: Cade pede antecipação de intenções do consórcio TIM, Claro e Vivo
+ Anatel deve facilitar eventual compra da Oi por trio de rivais

Segundo comunicado da Anatel, para quem ainda é cliente, a devolução de valores cobrados indevidamente deve ser feita em até seis meses, a partir de 25 de junho de 2020, quando o acordo foi assinado. O valor será creditado diretamente como recarga ou desconto na fatura.



O termo também definiu que o valor referente à indenização dos clientes não identificados será destinado ao Fundo de Defesa de Direitos Difusos (FDD). Conforme previsto no TAC, para este último grupo, a TIM já realizou depósito de R$ 813 mil no fundo.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel