Edição nº 1149 02.12 Ver ediçõs anteriores

Tigre Asiático. Mas do Brasil

Tigre Asiático. Mas do Brasil

Há três anos, a Tigre, a maior fabricante de encanamentos do País, montou uma operação na Ásia, mais especificamente na cidade de Shenzhen, metrópole ao sudeste da China que é considerada um dos principais pólos de inovação do mundo. Apesar de estar lá há pouco tempo, 5% do faturamento global do Grupo Tigre vem do empreendimento na Ásia, importante plataforma global de crescimento e aceleração para novos produtos e negócios. Neste ano, a operação chinesa começou a ter ainda mais protagonismo no desenvolvimento de novos produtos, com o lançamento de 30 itens nos vários segmentos nos quais a empresa atua.

(Nota publicada na Edição 1137 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Mercado de bikes infantis pedala como adulto

O brasileiro está pedalando mais. De janeiro a outubro deste ano foram produzidas 820.040 bicicletas no Brasil, segundo dados da [...]

Marketplace Agrofy quer ser líder em 20 países

Primeiro marketplace do agronegócio brasileiro, a argentina Agrofy quer ser a maior plataforma digital do setor do Brasil e em mais 19 [...]

Pinot Noir da Miolo ganha Ouro na Suíça

O Concurso Mondial des Pinot, em Sierre, na Suíça, avaliou 1.212 amostras enviadas por 410 produtores de 29 países. Os rótulos foram [...]

Passageiro entregue, dinheiro na conta

Um segundo. Esse é o tempo que a plataforma de transporte urbano 99 levará para creditar o valor proporcional a cada corrida na conta [...]

Campo fértil para crescer

Maior consultoria de negócios no agro da América Latina, com mais de 300 clientes, a Markestrat Agribusiness anunciou esta semana a [...]
Ver mais