Economia

‘The New York Times’ supera cinco milhões de assinantes

‘The New York Times’ supera cinco milhões de assinantes

Em 2019, NYT registrou mais de um milhão de assinantes de conteúdo on-line, um recorde para o jornal - AFP/Arquivos

O jornal “The New York Times” passou dos cinco milhões de assinantes, principalmente, graças a uma nova aceleração de seu catálogo de clientes digitais – anunciou a companhia nesta terça-feira (14).

Em 2019, o grupo teve um ganho líquido de mais de um milhão de assinantes em seus conteúdos on-line, um recorde para o jornal. A cobrança do serviço digital foi lançada em 2011.

O veículo conta com 3,4 milhões de usuários que pagam por seu serviço on-line; cerca de 900 mil, pela edição impressa; e o restante, por produtos especializados, como a plataforma de gastronomia “NYT Cooking”, ou as palavras cruzadas do “NYT Crossword”.

O objetivo da empresa é chegar a dez milhões de assinantes em 2025. Deste total, estima-se que cerca de dois milhões serão de leitores fora dos Estados Unidos.

A companhia também anunciou que conseguiu, um ano antes do planejado, bater sua meta de 800 milhões de dólares de faturamento procedente de sua operação digital. No período de quatro anos (desde 2015), duplicou seu resultado.

O grupo publicará seus resultados trimestrais e anuais em 6 de fevereiro.