Tesouro em risco

Tesouro em risco

Estudo realizado por professores da Universidade de São Paulo (USP) com docentes de faculdades da França e Holanda indica que as perdas econômicas registradas em decorrência do desmatamento da Mata Atlântica chegam a US$ 2,6 bilhões, apenas em créditos de carbono.



O material publicado na revista Nature Communications mostrou também que os impactos humanos sobre a floresta já provocaram a redução de 80% de sua área original e de mais de 40% de sua biodiversidade. “Se considerarmos a Mata Atlântica inteira, as perdas dos estoques de carbono equivalem ao desmatamento de até 70 mil km2 de florestas, quase 10 milhões de campos de futebol”, disse Renato Lima, líder do estudo.

(Nota publicada na edição 1204 da Revista Dinheiro)




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?


Sobre o autor


Mais colunas e blogs


Mais posts

Ver mais

Copyright ©2021 - Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.