Negócios

Tesla volta atrás em fechamento de lojas e anuncia aumento de 3% no preço dos carros

Há duas semanas, a companhia afirmou que iria reduzir os pontos de atendimento fixos e investir no atendimento online em um movimento de reestruturação de custo

Tesla volta atrás em fechamento de lojas e anuncia aumento de 3% no preço dos carros

A Tesla anunciou neste domingo (10) o aumento de até 3% dos seus veículos, após voltar atrás sobre fechamento de uma série de lojas. A decisão foi divulgada pelo fundador e CEO da montadora elétrica, Elon Musk, em um e-mail enviado os funcionários e investidores.

Há duas semanas, a companhia afirmou que iria reduzir os pontos de venda fixos e iria investir no atendimento online em um movimento de reestruturação de custos. A medida, segundo divulgado à época, refletiria na queda do valor do Tesla Model 3, o carro mais popular da companhia, para aproximadamente US$ 35 mil. Atualmente, a versão de luxo do automóvel é comercializada a US$ 42.900 no mercado norte-americano.

Apesar de revogar a reestruturação, Musk manteve a promessa de vender a versão básica do Model 3 pelo valor reduzido. O aumento de até 3% seria aplicado apenas nos modelos mais novos da linhas, além do Model S (sedã) e o Model X (crossover). Os valores deverão valer a partir de 18 de março.

A montadora de veículos elétricos tem 378 lojas ao redor do mundo. De acordo com o comunicado de domingo, metade ainda poderá ser fechada, mas ainda não foram divulgadas os locais ou em quais países. Musk também disse que unidades que já foram encerradas podem ser reabertas com um número reduzido de funcionários.