Giro

Tesla vende parte dos seus Bitcoins e fatura mais de 100 milhões de dólares

Crédito: Reprodução/Divulgação

Foi através da divulgação dos resultados financeiros do 1º trimestre de 2021, que a marca confirmou ter reduzido a sua aquisição de Bitcoins em 10%. (Crédito: Reprodução/Divulgação)

Ninguém tem dúvidas de que a Tesla, assim como o seu CEO, é uma marca extremamente popular devido à sua irreverência e às novidades que traz para o mercado automóvel.

De acordo com as informações recentes, a empresa vendeu recentemente uma parte dos seus Bitcoins, conseguindo assim ganhar 100 milhões de dólares.

+ Zhiji L7: o carro elétrico da Alibaba que veio para combater a Tesla

A Tesla dispensa apresentações, e conhecemos o destaque que tem no mundo automobilístico. Mas esta não é apenas mais uma marca de carros, conseguindo assim se tornar numa empresa que vai muito além das quatro rodas.



A Tesla vendeu uma parte dos seus Bitcoins, que no total valem 1,5 bilhões de dólares. Com esta venda, a marca de Elon Musk conseguiu faturar mais de 100 milhões de dólares.

Foi através da divulgação dos resultados financeiros do 1º trimestre de 2021, que a marca confirmou ter reduzido a sua aquisição de Bitcoins em 10%. Segundo os pormenores, a marca vendeu cerca de 272 milhões de dólares da criptomoeda durante o último trimestre. A empresa revela que agora detém 1,3 bilhões de dólares em ativos ativos digitais. Estima-se que todos estes ativos sejam Bitcoins.

Zack Kirkhorn, Diretor Financeiro da Tesla, que agora é conhecido como o “Master of Coin” confirmou numa recente videoconferência que esta venda de criptomoedas aconteceu no final do mês de março. No entanto, o executivo adianta que a empresa pretende manter os Bitcoins a longo prazo:

Acreditamos no valor do bitcoin a longo prazo e manteremos o bitcoin a longo prazo. Acumularemos bitcoin a partir das transações dos nossos clientes que compram veículos.

Segundo Kirkhorn, esta é uma forma alternativa de a marca conseguir dinheiro ao qual pode aceder rapidamente, ao mesmo tempo que aumenta o seu valor.

Em fevereiro, a marca de carros elétricos anunciou a compra de 1,2 mil milhões de euros em Bitcoins. Como consequência, o valor da criptomoeda disparou de imediato.

Para além disso, desde março deste ano, a Tesla também começou a aceitar Bitcoins como forma de pagamento dos seus automóveis.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago