Negócios

Tesla vai injetar mais US$ 2 bilhões em ações no mercado

Crédito: AFP/Arquivos

Escalada de sucesso da Tesla pode fazer de Elon Musk o homem com os maiores rendimentos do mundo até o fim do ano (Crédito: AFP/Arquivos)


Elon Musk, CEO da Tesla e empresário com o maior rendimento deste início de ano, pode ficar ainda mais rico nos próximos meses. Nesta quinta-feira (13), a Tesla anunciou que vai colocar mais US$ 2 bilhões em ações no mercado, ampliando o projeto ambicioso da fabricante de carros elétricos de luxo de entrar para o clube das empresas com valor de mercado acima dos US$ 650 bilhões, como a Apple, Microsoft, Amazon e Google.

Musk comprará, sozinho, US$ 10 milhões destas novas ações. Os bancos de investimento Goldman Sachs e Morgan Stanley estão subscrevendo o acordo e terão até 30 dias para adquirir US$ 300 milhões em ações, segundo o portal Market Watch.

+ Com alta de 39% em quatro dias, Tesla já vale quase US$ 160 bi
+ Tesla supera pela primeira vez os US$ 100 bilhões em valor de mercado
+ Empresa de Elon Musk vende vaga em foguete por US$ 1 milhão

No fechamento da Bolsa de Nova York na terça-feira (12), o valor de mercado da Tesla era de US$ 139,6 bilhões, tornando-a a segunda montadora mais valiosa do mundo, atrás da Toyota, de acordo com a CNN. Vale lembrar que há menos de um mês a Tesla atingiu a marca dos US$ 100 bilhões em valor de mercado.

Com o anúncio de hoje, as ações desvalorizaram frente os US$ 774 registrados ontem, o que é normal já que mais papéis da empresa estarão rodando no mercado e existe uma apreensão sobre os planos de expansão da marca.

Musk já é o 26º homem mais rico do planeta, segundo a Forbes, com uma fortuna avaliada em US$ 38 bilhões e está a menos de US$ 2 bilhões de ultrapassar o fundador da Nike, Phil Knight.