Negócios

Tesla lança plano para levantar US$ 2 bilhões com vendas de ativos e dívidas

A medida vem depois da companhia anunciar um primeiro trimestre de 2019 pior do que o esperado, com queda de 37% de suas receitas em relação ao quarto anterior

Tesla lança plano para levantar US$ 2 bilhões com vendas de ativos e dívidas

(Arquivo) Foto tirada em 8 de fevereiro de 2018 mostra o logo da Tesla em Bruxelas - AFP/Arquivos

A montadora de carros elétrico Tesla anunciou hoje, via comunicado para a imprensa, que lançará um plano para levantar US$ 2 bilhões. A empresa de Elon Musk anunciou que a ação será feita a partir de vendas de ações da empresa e de títulos de dívidas previstos para serem liquidados em 2024. Com o movimento a Tesla pretende balancear sua folha de pagamento e investir em “questões corporativas”.

Dos US$ 2 bi previstos, US$ 1,35 bilhão virá da venda de títulos da dívida de empresa, com juros e outras questões a serem determinadas ainda. A outra parte do dinheiro virá da venda de 2,72 milhões de ações comuns da Tesla, que totalizam US$ 653 milhões. O próprio Elon Musk se comprometeu a comprar US$ 10 milhões em ativos da empresa.

A medida vem depois da companhia anunciar um primeiro trimestre de 2019 pior do que o esperado, com queda de 37% de suas receitas em relação ao quarto anterior. Em conferência com acionistas para explicar os resultados, Musk havia comentado a possibilidade da empresa iniciar processo de captação de recursos.

O mercado reagiu bem ao anúncio do plano da Tesla, e chegou a valorizar em 5% os papéis da empresa. Até o momento do fechamento desta nota, a empresa via suas ações valorizadas em 4,29% (02/5 as 16:15h)