Giro

Terremoto deixa cerca de 20 mortos no Paquistão

Crédito: Reprodução/Rede Social

Dois terremotos, um seguido do outro, atingiram sul do Paquistão nesta quinta-feira, 7, ainda noite de quarta no horário de Brasília. (Crédito: Reprodução/Rede Social)



Dois terremotos, um seguido do outro, atingiram sul do Paquistão nesta quinta-feira, 7, ainda noite de quarta no horário de Brasília.

O número de mortos chegou a 20, mas as autoridades paquistanesas temem que o número aumente porque mais de 100 casas feitas de barro e terra batida desabaram. Por isso, estima-se que centenas estejam desabrigados. As vítimas eram, na maioria, mulheres e crianças, informaram socorristas.

+ Terremoto em Creta danifica prédios antigos e mata uma pessoa

Muitas das vítimas morreram devido ao desabamento de telhados e paredes, disse Suhail Anwar Hashmi, funcionário do governo provincial do Baluchistão. Entre os mortos havia seis crianças.



“Estamos recebendo informações de que 20 pessoas morreram. Os trabalhos de resgate estão em andamento”, indicou o ministro provincial do Interior, Mir Zia ullah Langau. Naseer Nasar, chefe da autoridade provincial de Gestão de Desastres, havia dado conta da morte de entre 15 e 20 pessoas.

A área mais afetada foi a cidade remota montanhosa de Harnai, onde os esforços de resgate foram dificultados pela falta de vias pavimentadas, eletricidade e sinal de telefonia.

Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o terremoto teve magnitude de 5,7 graus e profundidade de cerca de 20 km.