Giro

Tênis de mesa: Tsuboi e Yamada disputarão provas individuais em Tóquio

A pouco mais de dois meses para a Olimpíada de Tóquio (Japão), os mesatenistas Gustavo Tsuboi e Jessica Yamada foram confirmados para os torneios individuais dos Jogos. Os técnicos das seleções brasileiras –  Francisco Arado, mais conhecido com Paco (masculina), e Hugo Hoyama (feminina), respectivamente –  fundamentaram as escolhas pela colocação dos atletas no ranking mundial: os mesatenistas do país ocupam o segundo lugar na lsita de cada gênero.

Os dois atletas vão se juntar, nas competições individuais, a Hugo Calderano e Bruna Takahashi, que já tinham vaga confirmada por serem os melhores do país. O quarteto também competirá nos torneios de tênis de mesa por equipes, que contarão com outros dois brasileiros: Vitor Ishiy e Carol Kumahara, convocados no final de abril. 

Hugo Calderano, Bruna Takahashi, Gustavo Tsuboi e Jessica Yamada representarão o Brasil no torneio individual de tênis de mesa na Olimpíada de Tóquio – Reprodução Twitter/CBTM

Prestes a encarar a quarta Olimpíada na carreira, Tsuboi, de 35 anos, ocupa a 37ª posição no ranking mundial. O paulista é o segundo atleta com mais participações nos Jogos: está atrás apenas de Hugo Hoyama, que fez história no tênis de mesa do país, ao disputar seis edições, entre 1992 (Barcelona) e 2012 (Londres). 

“O Tsuboi foi selecionado para representar o Brasil no individual por causa dos últimos resultados obtidos nos torneios internacionais. Ele teve bons resultados no Catar, vencendo jogadores como o Koki Niwa. Já havia tido um bom desempenho no WTT de Macau, quando venceu o chinês Zhao Zihao. Apresentou também bons resultados na Bundesliga, na Alemanha, contra atletas de alto nível”, explicou o técnico Paco, no site da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM).

Após seis anos jogando na França, no início deste ano Jessica Yamada mudou-se para a Espanha, onde fechou contrato com o Clube Ganxets de Reus, na Catalunha. Embora experiente, a brasileira fará sua estreia este ano em Jogos Olímpicos. 

“Para mim, foi uma escolha que seguiu o ranking mundial. Jessica e Carol sempre estiveram muito próximas. Tenho certeza de que Bruna e Jessica vão nos representar bem e conseguirão bons resultados em Tóquio”, projeta Hoyama, técnico da seleção feminina.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago