Negócios

Tenda: Lançamentos somam VGV de R$ 835,8 milhões no 4º trimestre

A construtora Tenda divulgou há pouco suas prévias operacionais do quarto trimestre de 2019, e os números fechados do ano. Entre outubro e dezembro, os lançamentos feitos pela companhia somaram um Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 835,8 milhões, valor 57,5% maior que o apurado um ano antes. Em relação ao terceiro trimestre, o crescimento foi de 9,8%.

No acumulado de 2019, os lançamentos chegaram a R$ 2,575 bilhões, um crescimento de 34,6% na comparação com 2018.

As vendas líquidas no quarto trimestre somaram R$ 615,9 milhões, crescimento de 34% em relação ao mesmo período de 2018. O número é resultado de vendas brutas de R$ 669,4 milhões, com alta anual de 32,7%, e distratos de R$ 53,5 milhões, 19,2% maior que em 2018.

No acumulado do ano, as vendas líquidas da Tenda atingiram R$ 2,039 bilhões, 10% a mais que as apuradas em 2018. O número ficou dentro do guidance estabelecido pela construtora para o ano passado, que era entre R$ 1,95 bilhão e R$ 2,15 bilhões.

O VGV Repassado registrado pela Tenda no quarto trimestre chegou a R$ 553,1 milhões, valor 59,5% maior na comparação anual, e 99,4% na trimestral. A companhia explica que esta diferença acontece por conta da interrupção de repasses por 9 semanas durante o terceiro trimestre, e nos últimos 3 meses do ano passado, os repasses foram negativamente afetados pela necessidade de realocação de recursos do FGTS e escassez de recursos para a faixa 1,5 do Minha Casa Minha Vida.

O banco de terrenos da Tenda fechou o ano com VGV de R$ 10,619 bilhões, valor 19,4% maior que no final de 2018.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?