Edição nº 1138 16.09 Ver ediçõs anteriores

Tecendo o futuro

Tecendo o futuro

A multinacional britânica Diageo, dona das marcas de bebidas Johnnie Walker, Smirnoff e Ypióca, escolheu o Ceará para o lançamento do Instituto Diageo, entidade sem fins lucrativos que terá como objetivo promover ações nas áreas de educação, capacitação profissional, geração de renda e conscientização na relação entre o álcool e a sociedade. Além de administrar programas já existentes como Learning for Life e Glass is Good, de reciclagem de vidros, o Instituto terá novas frentes. Uma delas é o Fala Sério, que promoverá debates sobre o consumo consciente de bebidas alcoólicas. “O nosso objetivo é mostrar para o jovem por que ele não deve consumir álcool.

O formato do projeto é usar peças de teatro, encenadas por jovens atores com a linguagem do hip-hop”, diz Daniela de Fiori, diretora de relações corporativas da empresa e presidente do conselho do Instituto Diageo. O programa “Tecendo o Futuro”, por sua vez, é uma ampliação do Ypióca de Artesanato, que capacita artesãs em diversas comunidades cearenses. A iniciativa incorporou também o Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa, em Aquiraz, e vai capacitar as internas. “Firmamos um contrato de cinco anos para utilizar o espaço e podemos receber até cem trabalhadoras. Começamos com um grupo de 30 mulheres. A cada dia trabalhado, elas reduzem três da pena”, completa Daniela.

22

(Nota publicada na Edição 1122 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Ibama corta 22% das ações de fiscalização previstas

Até os mais desatentos conseguem notar que o meio ambiente não é uma prioridade do governo de Jair Bolsonaro. O descaso, personificado [...]

Projeto apoiado pela Sodexo é finalista de premiação na ONU

A Sodexo, por meio do Instituto Stop Hunger, organização sem fins lucrativos criada e mantida pela companhia para combater a fome e a [...]

Ainda falta muito para ficar bom

As empresas brasileiras ainda têm um longo caminho a percorrer em temas como diversidade racial e meio ambiente. Essa é uma das [...]

CPFL Energia planta 14 mil árvores em projeto de arborização

Sabe aquelas árvores que causam riscos à rede elétrica, esgoto, telefonia, calçamento e iluminação pública? A CPFL Energia resolveu [...]

Demanda aquecida faz produção de orgânicos disparar

O clamor dos brasileiros por uma alimentação mais saudável e sem agrotóxicos tem surtido efeito nas lavouras do País. Em menos de uma [...]
Ver mais