Política

TCU manda recado por Renan Calheiros desmentindo ex-ministro Pazuello durante a CPI

Crédito: Reprodução/YouTube/Agência Senado

Após Calheiros alertar sobre a resposta do TCU de que a corte “nunca deu parecer contrário à compra de vacinas”, Pazuello se retratou, pediu desculpas (Crédito: Reprodução/YouTube/Agência Senado)

O Tribunal de Contas da União (TCU) desmentiu o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello durante a CPI da Covid, nesta quarta-feira (19). O órgão informou, por meio do senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da comissão, que negava a suposta reprovação do tribunal à assinatura do Memorando de Entendimento entre Ministério da Saúde e a Pfizer, citada pelo militar.

Após Calheiros alertar sobre a resposta do TCU, em meio a sessão da CPI, ao dizer que a corte “nunca deu parecer contrário à compra de vacinas”, Pazuello se retratou, pediu desculpas, e afirmou ter confundido a Advocacia-Geral da União (AGU) e a Controladoria-Geral da União (CGU) com o TCU, segundo a Carta Capital.

+ Pazuello diz que não foi pressionado para aprovar uso de cloroquina contra Covid-19
+ Covid-19: empresa chinesa entra com pedido de autorização para vacina

O Ex-ministro e militar havia informado que não aceitou, de início, propostas da Pfizer no ano passado porque, supostamente, os preços cobrados seriam elevados. Porém, garantiu que não negou ofertas.



Calheiros perguntou a Pazuello sobre a demora nas negociações com a Pfizer. De imediato, o ex-ministro citou uma suposta recomendação contrária de órgãos de controle, entre os quais o TCU, AGU e CGU.

Prontamente, Pazuello destacou que achava a quantidade de vacinas, de 8,5 milhões de doses no primeiro semestre, muito pequena, mas garantiu que seguiu em frente nas tratativas com a farmacêutica.

“Mandamos para os órgãos de controle, a resposta foi: Não assessoramos positivamente. Não deve ser assinado. A CGU, a AGU, todos os órgãos de controle, TCU. Não deve ser assinado. E nós assinamos, mesmo com as orientações contrárias”, afirmou o ex-ministro da Saúde.

 

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago