Finanças

Taxas de juros desabam com sinais de paz em Brasília e exterior

Crédito: Wilfried Pohnke/Pixabay

Juros desabam com a "trégua" proposta pelo presidente (Crédito: Wilfried Pohnke/Pixabay)

Os juros futuros dão continuidade nesta sexta-feira, 10, à queda da véspera, com tombo de até 41 pontos-base nos longos gerando forte desinclinação da curva, beneficiados pela trégua entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o Supremo Tribunal Federal (STF), que teve mais um capítulo após o fechamento dos mercados na quinta-feira com a notícia de que, por intermédio do ex-presidente Michel Temer, Bolsonaro conversou por telefone com o ministro do STF Alexandre de Moraes, seu maior desafeto no Supremo.

Após Bolsonaro baixar tom, Fiesp divulga manifesto e pede estabilidade institucional

Temer disse ainda que Moraes “não tem nada pessoal contra o presidente nem contra ninguém”. “Ambos dizem que querem trabalhar pelo Brasil”, comentou o ex-presidente da República.

O movimento se dá ainda em linha com o dólar em queda ante o real e outras moedas emergentes.



Os números das vendas no varejo de julho, que subiram 1,2% na margem, acima da mediana estimada (0,7%) num primeiro momento fica em segundo plano, uma vez que há forte recuo também nos juros curtos.

Às 9h14, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 caía para 10,33% (mínima de 10,31%), de 10,72% no ajuste de ontem.

O DI para janeiro de 2023 recuava para 9,07%, de 9,25%, e o para janeiro de 2022 cedia para 7,275%, de 7,429% no ajuste anterior.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago