Economia

Taxa de informalidade fica em 40,6% da população ocupada no tri até fevereiro

O Brasil alcançou uma taxa de informalidade de 40,6% no mercado de trabalho no trimestre até fevereiro, com 38 milhões de trabalhadores atuando como informais, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Taxa de desemprego fica em 11,6% no trimestre até fevereiro, revela IBGE

O trabalho por conta própria alcançou 24,477 milhões de brasileiros no trimestre encerrado em fevereiro. Em apenas um ano, o trabalho por conta própria ganhou a adesão de 766 mil pessoas.

O trabalho sem carteira assinada no setor privado somou 11,644 milhões de ocupados nessa situação. O emprego sem carteira no setor privado aumentou em 569 mil vagas em um ano, crescimento de 5,1%.

O setor público abriu 91 mil vagas em um ano, chegando a um contingente de 11,370 milhões de trabalhadores. Já o trabalho doméstico, em um ano, incorporou 41 mil pessoas ao contingente de 6,209 milhões de empregados.

Veja também

+ Quarta parcela do auxílio sai hoje (14) para os nascidos em agosto

+ Cunhado de Maradona morre de Covid-19 na Argentina

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?