Negócios

Tataraneta de Henry Ford se torna primeira mulher no conselho da empresa

Crédito: Reprodução/Divulgação

Herdeira foi eleita para o conselho da Ford, primeira mulher da família fundadora a fazer parte do conselho nos 118 anos de história da empresa (Crédito: Reprodução/Divulgação)

Alexandra Ford English, tataraneta do Henry Ford, foi eleita para o conselho de diretores da Ford Motor Company, a primeira mulher da família fundadora a fazer parte do conselho nos 118 anos de história da empresa.

+ Ford faz acordo na BA para indenizar 5 mil trabalhadores

Alexandra Ford English é filha do presidente executivo William Clay (Bill) Ford e parte da quinta geração de membros da família Ford para servir no conselho. Os acionistas da Ford Motor Co. aprovaram a nomeação durante uma reunião anual virtual de acionistas, relatou o Detroit News.

Formada na Universidade de Stanford e com MBA na Harvard Business School, Ford English também é a representante da Ford no conselho de administração da Rivian, a montadora de carros elétricos na qual a Ford possui participação acionária.

Aos 33 anos, a herdeira ocupou cargos de merchandising na Tory Burch e Gap Inc. antes de ingressar na empresa familiar em 2017. Atualmente, ela é diretora de estratégia corporativa da empresa, sendo responsável por planos estratégicos corporativos, de conectividade e de rede digital. Anteriormente, ela foi diretora de mercado e operações da Ford Autonomous Vehicles LLC.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago