Sustentabilidade

Tartarugas gigantes parentes de espécies extintas são buscadas em Galápagos

Tartarugas gigantes parentes de espécies extintas são buscadas em Galápagos

Imagem de 2015 mostra tartaruga Chelonoidis donfaustoi na ilha de Santa Cruz, uma das 11 espécies de tartaruga gigante que ainda vivem em Galápagos - DPNG/AFP/Arquivos

Uma expedição científica segue os passos de piratas e baleeiros pelas ilhas Galápagos para tentar encontrar tartarugas gigantes descendentes de duas espécies extintas, inclusive a do famoso George Solitário que foi o último de sua variedade.

Durante dez dias guardas florestais e cientistas do Parque Nacional Galápagos (PNG) e da organização Galapagos Conservancy percorrerão o vulcão Wolf, na ilha Isabela, “para localizar e extrair um grupo de tartarugas gigantes híbridas com linhagem parcial das espécies extintas das ilhas Pinta e Floreana”, disse nesta sexta-feira a reserva em um comunicado.

As espécies são a Chelonoidis niger (Floreana) e a Chelonoidis abingdonii (Pinta), à qual pertencia o George Solitário, que morreu em 2012 após se negar a copular em cativeiro com fêmeas de subespécies relacionadas.

George é a figura emblemática de Galápagos, localizada a 1.000 km da costa do Equador e que tem o nome das tartarugas gigantes. O arquipélago também é Patrimônio Natural da Humanidade e reserva da biosfera por sua flora e fauna únicas no mundo.

A expedição escolheu o vulcão Wolf, pois a área conhecida como Puerto Bravo era o último local onde os piratas e baleeiros deixavam as tartarugas quando se fazia necessário reduzir a carga. Estima-se que no vulcão Wolf há entre 10.000 e 12.000 tartarugas em uma superfície de 600 km².

Em 2008, houve uma expedição similar na qual cientistas coletaram sangue de 1.726 tartarugas. Dessas, 17 têm um “alto percentual” de carga genética de Chelonoidis abingdonii e cerca de 80 têm “linhagem parcial” de Chelonoidis niger, segundo o Parque.

Os estudos “demostraram que existem tartarugas com até 90% de genes das espécies extintas, isto significaria que pelo menos um dos pais devem ser indivíduos puros e possivelmente estão habitando no vulcão Wolf”, disse Jorge Carrión, diretor do PNG, em declarações divulgadas pela instituição.

Em Galápagos, há 11 espécies de tartarugas gigantes após a extinção de outras quatro.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?