Giro

Taiwan recebe atletas olímpicos com escolta de caças e orgulho do nome

Taiwan recebe atletas olímpicos com escolta de caças e orgulho do nome

Apoiadores seguram cartazes enquanto aguardam retorno dos atletas olímpicos no Aeroporto Internacional de Taoyuan

Por Yimou Lee

TAIPÉ (Reuters) – Os medalhistas olímpicos de Taiwan foram muito saudados ao voltar para casa nesta quarta-feira na esteira de seu melhor desempenho nos Jogos, o que aumentou o orgulho na ilha reivindicada pela China e ressuscitou os apelos para que esta compita com o nome Taiwan.

Quatro caças Mirage escoltaram o voo dos atletas até este pousar no aeroporto Taoyuan, próximo da capital Taipé, onde uma multidão recebeu a equipe gritando “orgulho de Taiwan” e portando cartazes que diziam “jogadores nacionais, bem-vindos ao lar”.

Com 11 medalhas conquistadas em Tóquio até agora, a atuação de Taiwan causa júbilo na ilha, onde políticos e celebridades estão se unindo em publicações em redes sociais intituladas “Equipe Taiwan” e “Taiwan é Taiwan”.



Ela também redespertou um debate: se o território deveria competir como “Taiwan”, ao invés de “Taipé chinesa”, nome usado por insistência de Pequim, que a vê como parte de uma única China e ameaça usar a força para submeter a ilha democrática ao seu controle.

A China pressiona grupos e empresas internacionais com frequência para que se refiram a Taiwan como parte da China, dizendo que esta não tem direito de reconhecimento como país separado em nenhuma esfera.

“É um beco sem saída buscar ‘independência’ no esporte, mesmo com truques mesquinhos”, disse o gabinete chinês de Assuntos de Taiwan em um comunicado à Reuters na terça-feira.

Em um referendo de 2018, os eleitores rejeitaram uma proposta para uma participação olímpica como “Taiwan”, já que muitos temiam que mudar de nome induziria Pequim a tentar impedir totalmente a ilha de atuar nos Jogos.

(Reportagem adicional da redação de Pequim)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH7317R-BASEIMAGE

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH7317J-BASEIMAGE

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH7317N-BASEIMAGE

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago