Economia

Tabela de preços mínimos de frete é tiro no pé, diz presidente da FPA

A presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputada federal Tereza Cristina (DEM/MS), diz que a tabela de preços mínimos de frete para o transporte de carga é um “tiro no pé” dos caminhoneiros autônomos. Para a deputada, a medida deve encarecer o transporte. A publicação da tabela, via Medida Provisória (MP), foi uma das exigências dos caminhoneiros para o fim da paralisação das duas últimas semanas.

Tereza Cristina disse que a FPA é contra a tabela, mas não deve agir para derrubar a MP, já que participou das negociações para o fim das paralisações junto ao governo. A deputada afirmou, no entanto, que diversas Ações Diretas de Inconstitucionalidade (Adins) estão sendo preparadas por representantes do setor para serem apresentadas ao governo.

A comercialização de grãos está parada no País. Produtores e empresas estão avaliando a alta nos custos. “Não é possível ações que travem o campo”, disse a deputada.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?