Edição nº 1142 14.10 Ver ediçõs anteriores

Supermercado sem sair do sofá

Supermercado sem sair do sofá

Como fazer compras nos supermercados é um martírio para uma grande parcela da população, os jovens empresários Bruna Vaz Negrão, de 25 anos, e Fabio Blanco, 26, estão conseguindo multiplicar seus negócios – e atrair investidores – como gente grande. No comando do site Shopper.com.br, que permite ao usuário recompor a despensa sem sair do sofá, eles estão com tudo pronto para expandir as entregas para novas praças, como Campinas (SP) e ABC Paulista.

Atualmente, a plataforma atende cerca de 500 bairros da cidade de São Paulo, com preços de 10% e 15%, em média, mais baratos do que os praticados pelas grandes redes supermercadistas, segundo eles. “O problema não está apenas no valor dos produtos, mas na prática comum do varejo de remarcar preços de 200 a 300 itens diariamente, o que torna mais difícil a vida do cliente que busca promoções”, afirma Blanco.

Recentemente, a empresa recebeu um aporte de R$ 4,5 milhões de dois grandes fundos. “Estamos negociando diretamente com a indústria para oferecer ainda mais promoções e vantagens para os clientes”, diz Bruna. Apenas para lembrar, a inspiração do casal para criar a Shopper veio de Jorge Paulo Lemann, enquanto eles ainda eram estudantes do Insper. Em uma reunião com potenciais empreendedores, o bilionário brasileiro sugeriu que todos analisassem com atenção as estratégias das grandes companhias do Vale do Silício. Foi aí que, replicando o modelo de negócio da Amazon, nasceu a empresa.

(Nota publicada na Edição 1125 da Revista Dinheiro)


Mais posts

A aposta segura de Neeleman

O empresário David Neeleman (foto à dir.), fundador da Azul Linhas Aéreas e sócio da portuguesa TAP, segue apostando parte de sua [...]

R$ 4 milhões em brownies

Em 2013, depois de testar 130 receitas de brownies e cookies, os sócios Francisco Veiga Salgado e Carolina Tellechea Cerqueira abriram em Florianópolis (SC) as portas da Browneria. Em cinco anos, o faturamento saltou de R$ 150 mil para R$ 2,5 milhões. E deve chegar a R$ 4 milhões em 2019, depois da abertura da […]

“O que destruiu a Venezuela não foi o socialismo, mas a mistura de nacionalismo com corrupção”

Maria Teresa Belandria, embaixadora da Venezuela no Brasil

A caminho dos R$ 10 bilhões

A Veedha, escritório destacado pela XP Investimentos em 2019, vai turbinar seu time de executivos e sócios para ampliar de R$ 3 bilhões [...]

A união do audiovisual

Um dos grandes desafios da indústria cinematográfica é equilibrar o tripé sobre o qual ela se apoia: produção, distribuição e exibição. [...]
Ver mais