Giro

Superlua, Lua Nova e Lua de Sangue Fenômenos marcam o mês de maio

Crédito: Reprodução/Unsplash

Maio chegou e os amantes de astronomia terão diversos eventos fantásticos que poderão ser avistados no céu brasileiro ao longo do mês. (Crédito: Reprodução/Unsplash)

Durante este mês de maio, teremos muitas opções para olhar para cima e focar em nosso satélite natural, já que teremos uma Lua Nova, uma Super Lua e um Eclipse Lunar.

Confira as datas e onde poderão ser vistas:

11 de maio – Lua Nova
É aquela Lua que não é visível no céu noturno por estar no mesmo lado da Terra que o Sol. Por isso, essa é a melhor época do mês para observar objetos fracos como galáxias e aglomerados de estrelas.

26 de maio – Superlua
Noite de Lua cheia, mas não precisa ter medo. O mais legal é que vai ser também noite de superlua, a mais próxima da Terra neste ano. Ela vai parecer um pouco maior e mais brilhante do que o normal.

De forma resumida, a tal superlua tem relação com a órbita da Lua ao redor da Terra. O trajeto não é de um círculo perfeito, mas de uma elipse (um círculo um pouco achatado). Por isso, ela se afasta e se aproxima de nosso planeta durante sua movimentação pelo universo. O ponto mais distante é chamado de apogeu; o mais próximo, perigeu. Isso não é raro, pois ocorre todos os meses.

A Lua demora aproximadamente 28 dias para dar uma volta completa na Terra, passando por suas quatro fases. Nosso satélite não tem luz própria; brilha porque reflete a luz do Sol. E, como está sempre girando, nós a vemos de diferentes formas com o passar dos dias. Quando está no perigeu, ela nos parece até 15% maior e 30% mais brilhante. Isso pode ocorrer em qualquer uma das fases; se coincide com a Lua cheia, temos a chamada superlua.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

26 de maio – Lua de sangue
Nesse dia também vai ter um eclipse lunar total. A Lua, durante o fenômeno, que nada mais é do que sua passagem pela sombra escura da Terra, fica com uma cor vermelho sangue.

Pena que a Lua de sangue só vai poder ser vista longe do Brasil em locais como o Japão, a Austrália e o oeste da América do Norte.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel