Economia

Superintendência do Cade aprova venda de ativos da Cemig para grupo ATC

A Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições operação a ser realizada entre a American Tower do Brasil Internet das Coisas Ltda e a Cemig. Segundo informações do Cade, a operação é decorrente do processo de licitação vencido pela ATC NET, que é subsidiária da American Tower do Brasil, para a aquisição de ativos da Cemig.

Os bens adquiridos são bens de telecomunicações, contratos celebrados para provimento de capacidade de atendimento de serviços de telecomunicação e contratos privados e públicos celebrados para prestação do Serviço de Comunicação Multimídia (SCM).

“Por ser uma operação envolvendo apenas aquisição de ativos, não há modificações na estrutura societária de nenhuma das empresas”, diz o parecer do Cade.

O despacho pela aprovação da operação está publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 19.

Ainda segundo o parecer, “as Requerentes esclarecem que a lógica econômica que dá causa à aquisição para o Grupo ATC é a chance de diversificar suas atividades no Brasil, passando a oferecer serviços SCM”.

Já a Cemig vê na Operação “uma oportunidade de venda de seus ativos para que a empresa possa se capitalizar, em linha com sua atual política de desmobilização de ativos”.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?