Agronegócio

Suínos: preço do quilo vivo sobe 12% no primeiro semestre em Mato Grosso do Sul

São Paulo, 22 – O preço médio do quilo do suíno vivo em Mato Grosso do Sul aumentou 12% no primeiro semestre de 2019 ante igual período do ano anterior. A informação é da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso do Sul (Famasul), em nota, tendo como base a Central de Abastecimento de MS (Ceasa). A média de preço passou de R$ 3,28 para R$ 3,68 o quilo do animal vivo. De acordo com a analista técnica da Famasul, Eliamar Oliveira, “a melhoria no preço do suíno vivo é reflexo do desempenho positivo da demanda”.

No primeiro semestre de 2019, no Estado, houve retração de 1% nos abates, totalizando 927 mil cabeças e produção de 83,4 mil toneladas, representando queda de 5,2% frente às 88 mil toneladas do igual período de 2018. Já as exportações, em quantidade, do produto in natura recuaram 96%. Para Eliamar, a produção de Mato Grosso do Sul é mais voltada ao mercado interno, daí a queda nas exportações.