Agronegócio

Suínos: Exportações em alta empurram para cima preço da carne no mercado interno

Crédito: Divulgação/ Governo Federal

Suínos: preços estão em alta (Crédito: Divulgação/ Governo Federal)

Campo Grande, 22 – O desempenho ascendente das exportações brasileiras de carne suína in natura está ajudando a empurrar para cima os preços no mercado interno. Esta é a avaliação da Scot Consultoria, que lembra que os números fechados das duas primeiras semanas de junho que apontaram para um volume médio embarcado 52,3% superior ao mesmo período de 2019 (com dados da Secex).

Enquanto isso, os analistas vêm identificando seguidas altas no mercado paulista. No atacado, a valorização semanal está em 2,9% (carcaça em R$ 7,20/kg), mesmo índice positivo para o animal vivo terminado nas granjas, cuja arroba está cotada em R$ 89,50, para pagamento ao produtor.

+ Abate de frango sobe 5,0% no 1º tri, diz IBGE; abate de suíno aumenta 5,2%
+ Plantel de suínos da China cresce pelo 8º mês consecutivo

“Pode ser que mais adiante, em função de uma menor movimentação típica de período de final de mês, haja algum recuo no mercado interno, mas por enquanto ele segue firme”, avalia Rafael Ribeiro, da Scot.

Indicadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) reforçam o desempenho. Ao longo dos 18 primeiros dias de junho, apontaram para uma alta de 5,07% no preço da carcaça suína negociada no mercado atacadista da Grande São Paulo.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel