Agronegócio

Suínos/China: queda acelerada das cotações pode provocar onda de vendas

Hong Kong, 25 – Os preços dos suínos vivos continuam em queda na China e o declínio está se acelerando, alerta o analista sênior de commodities da StoneX na Ásia, Darin Friedrichs. “É provável que vejamos uma onda de vendas por “pânico” de produtores antes do feriado na próxima quinta-feira na China”, avalia Friedrichs.

O analista acrescenta que os preços da carne suína na China também estão caindo. A atualização de preços ao consumidor da StoneX esta semana mostra cotações dos cortes do produto recuando para níveis não vistos desde junho.

Entre outros fatores, o país tem importado grande volume do produto, para compensar, em parte, a queda da produção interna provocada peste suína africana. Em agosto, a China importou cerca de 350 mil toneladas de carne suína, o dobro ante igual mês do ano passado, segundo o Departamento de Alfândegas da China (GAAC, na sigla em inglês). Com informações da Dow Jones Newswires.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?