Edição nº 1126 20.06 Ver ediçõs anteriores

Streaming de ouro

Streaming de ouro

Os bons resultados obtidos pela Netflix no Globo de Ouro já refletiram no bolso dos acionistas da empresa. Na segunda-feira 7, as ações da companhia americana subiram 5,97% e terminaram o dia avaliadas em US$ 315,3 cada. Com isso, o valor de mercado da Netflix passou a US$ 137,4 bilhões. Com cinco prêmios, o serviço de streaming foi o grande vencedor da noite ao desbancar produtoras favoritas e conseguir colocar o filme Roma e o diretor Alfonso Cuarón entre os premiados da cerimônia que serve de termômetro para os favoritos ao Oscar.

(Nota publicada na Edição 1103 da Revista Dinheiro)


Mais posts

James Delivery já responde por 40% dos pedidos on-line do GPA

Criada em Curitiba em 2016 e comprada no fim do ano passado pelo GPA, que controla as redes Extra e Pão de Açúcar, o app James Delivery [...]

Google terá seu WhatsApp

Finalmente o Google vai lançar seu próprio serviço de mensagens instantâneas por aplicativos. O RCS (Rich Communications Services). Inicialmente, a empresa faria parcerias com operadoras de telecomunicação e fabricantes de smartphones. Como a coisa estava andando devagar, ela decidiu acelerar o caminho e lançar o Messaging. Inicialmente para França e Reino Unido. O RCS é […]

FTC investiga YouTube

A temida FTC (Federal Trade Commission) investiga o YouTube por coletar indevidamente dados de crianças. A investigação acontece após [...]

Venda de celular surpreende e cresce em receita no Brasil

No mundo, o primeiro trimestre de 2019 foi de queda nas vendas (-5,9%) e nas receitas (-12,1%) de celulares em relação a 2018. No [...]

Corrida pelo 5G

Ranking feito pela InCites Consulting, empresa de Luxemburgo especializada em tecnologia, mostra como estão os países europeus na [...]
Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.