Agronegócio

Stratégie Grains reduz projeção para safra de grãos para 306,7 milhões de t

Londres, 16 – A consultoria francesa Stratégie Grains reduziu em 0,51%, ou 1,6 milhão de toneladas, sua estimativa para a produção de grãos da Europa na safra 2019/20, de 308,3 milhões de toneladas para 306,7 milhões de toneladas. Na comparação com a expectativa para a safra 2018/19, de 280,4 milhões de toneladas, a projeção representa aumento de 9,3%. A previsão foi divulgada nesta quinta-feira, 16.

A estimativa de produção de milho em 2019/20 foi reduzida de 63,1 milhões para 62,9 milhões de toneladas. A previsão para a safra de trigo soft foi cortada de 144,8 milhões de toneladas para 143,9 milhões de toneladas. A consultoria reduziu também sua estimativa para a safra de cevada, de 61 milhões de toneladas para 60,3 milhões de toneladas.

A consultoria disse que a revisão para baixo na estimativa reflete os prejuízos causados pela seca na Hungria e pela menor área de produção na Dinamarca e na República Tcheca, abaixo do previsto.

A Stratégie também espera um incremento no consumo doméstico de trigo e cevada para uso em ração animal, em parte, por causa da crescente demanda chinesa por importação de carne suína e porque os dois grãos se tornaram mais competitivos em relação ao milho. Para o trigo soft, a consultoria projeta um aumento de mais de 10% na demanda na comparação entre as safras 2018/19 e 2019/20, a 53,8 milhões de toneladas.

Quanto aos preços, a consultoria manteve perspectiva baixista. “Os preços do trigo e da cevada estão se aproximando de alta, mas a perspectiva extremamente robusta para a produção de milho pode impedir o aumento de todo o complexo de preços globais de grãos, incluindo trigo e cevada”, apontou o relatório. Fonte: Dow Jones Newswires.