Giro

Startup indiana cria banheiro público inteligente e sustentável

Crédito: Reprodução/Gary

Apesar de mais caros que modelos normais, os banheiros da Garv Toilets estão ajudando na conscientização de comunidades pobres da Índia (Crédito: Reprodução/Gary)

A empresa nascente indiana Garv Toilets criou um modelo de banheiros públicos que pode ajudar a elevar a qualidade de vida em comunidades pobres na Índia. A ideia é criar ambientes saudáveis, inteligentes e seguros para que os indianos sem acesso à rede de esgoto possam fazer suas necessidades.

Todos os anos, mais de 126 mil pessoas na Índia – a maioria são crianças – morrem de doenças devido à falta de saneamento, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Pensando nisso, o engenheiro de software Mayank Midha, CEO da Garv, criou banheiros de aço à prova de vandalismo que são mais fáceis de limpar e resistentes a peso.

+ Iguá Saneamento retoma processo de IPO e registro no segmento Novo Mercado da B3
+ Os extremos do saneamento no Brasil
+ Mais tecnologia para o saneamento

As paredes são feitas com aço inox, vasos, mictórios, pias e torneiras totalmente de metal, com um interior decorado por tiras de grama sintética verde nos modelos mais sofisticados.

Os banheiros que não podem ser conectados a uma rede de esgoto usam biodigestores que convertem os resíduos em fertilizantes para paisagismo. Outros usam placas solares para a iluminação interna.

Segundo a Cnet, alguns desses espaços incluem sensores em tempo real que rastreiam a lavagem de mãos, uso da água e as descargas do banheiro. Esses dados podem ser usados pelas autoridades locais no controle da higiene das pessoas, além de assegurar que as instalações estejam funcionando.

A startup consegue, por exemplo, tratar de políticas públicas específicas com a população. É possível observar nos dados que as pessoas de uma determinada região não possuem o hábito de lavar as mãos, e com isso a Garv desenvolve campanhas de conscientização e tenta mudar o cenário.

Mais de mil banheiros da Garv já foram instalados pela Índia, garantindo um fluxo de 200 mil pessoas usando os espaços diariamente, incluindo nessa conta 60 mil crianças em idade escolar. O problema do negócio ainda são os custos, já que eles são em média 25% mais caros que as instalações comuns.

Além da construção desses banheiros públicos, a Garv também restaura e reforma banheiros que estejam em situação degradante.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel