Tecnologia

Spotify fecha parceria inédita com a Vivo

Crédito: Divulgação

Essa é a primeira parceria do Spotify com a Vivo (Crédito: Divulgação)

O Spotify, serviço de streaming de áudio, fechou uma parceria com o Vivo Selfie, novo portfólio de planos pós-pagos da operadora. O programa tem o objetivo de oferecer benefícios com empresas de tecnologia como Netflix e Rappi, que já são parceiros.

O acordo é o primeiro do Spotify com uma operadora no no Brasil. Com a espanhola Telefonica, detentora da Vivo, também é o primeiro acordo no mundo.

O Vivo Selfie inclui a assinatura do parceiro, o serviço de celular com 25GB de internet e mais 25GB que também podem ser usados com a empresa que dá nome ao plano. Os planos incluem ainda roaming internacional.

+ Faturamento do Spotify cresce 22% e número de usuários sobe 31% no 1º trimestre
+ TV por assinatura perde 90 mil assinantes em março com cenário propício para Netflix e Amazon Prime
+ Rappi protege entregadores com opção de entrega sem contato

“Estamos entusiasmados em ser mais um parceiro da Vivo para lançar o Spotify Premium como parte dos planos Vivo Selfie. Essa parceria trará o Spotify Premium aos assinantes da Vivo de uma maneira nova e conveniente”, disse Marc Hazan, vice-presidente de Parcerias Premium do Spotify.

A Vivo inicia hoje (01) a campanha de lançamento dos novos planos. Com o slogan “O Plano Pós que é a sua cara”, a divulgação será feita com filmes que destacam situações inusitadas, representando cada uma das marcas parceiras.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel