Tecnologia

Spotify contrata centenas para impulsionar venda de anúncios

Spotify contrata centenas para impulsionar venda de anúncios

Um smartphone e um fone de ouvido são vistos na frente de uma projeção de tela de um logotipo do Spotify

Por Supantha Mukherjee



ESTOLCOMO (Reuters) – O Spotify está planejando contratar centenas de pessoas para impulsionar suas vendas de publicidade, com o serviço de streaming de música buscando aumentar a receita de clientes que não pagam mensalidade, mas são a maior parte de seus usuários.

“Estamos aumentando nossa equipe de marketing de negócios de anúncios em mais de 70% na Europa, Austrália e Canadá”, disse Lee Brown, chefe de negócios de publicidade do Spotify. “Na estratégia de longo prazo, acho que se foi o tempo em que a publicidade representava menos de 10% de nossa receita.”

A empresa, que obtém receita de assinaturas pagas e disseminação de anúncios para usuários não pagantes, viu seu negócio de publicidade voltar a crescer neste ano, após ter sido atingida pela pandemia.

De seus 365 milhões de usuários ativos mensais, 210 milhões são trazidos por anúncios, gerando cerca de 12% de sua receita.



Um aumento no conteúdo de podcast – o Spotify carregava 2,9 milhões de podcasts no segundo trimestre, quase 12% a mais que nos três meses anteriores – ajudou a impulsionar a receita de anúncios, já que os podcasts atraem mais usuários e, sendo mais longos, permitem mais tempo para os anúncios.

A empresa quer adicionar mais ferramentas para anunciantes e disponibilizará sua plataforma de publicidade e publicação de podcast Megafone na Alemanha, França, Espanha e Itália.

O Megaphone, comprado pelo Spotify no ano passado, oferece ferramentas para podcasters criarem anúncios para seus próprios programas, pelos quais recebem renda, e para medir seu alcance. Atualmente, ele hospeda cerca de um terço dos 200 melhores programas no Spotify e Apple.

O Spotify gastou centenas de milhões para fortalecer seu negócio de podcast. A competição com a Apple se intensificou após ambas lançarem plataformas de assinatura paga para podcasters no início do ano.

A empresa sueca deve superar a Apple em ouvintes de podcast pela primeira vez neste ano, segundo a eMarketer.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH9I12R-BASEIMAGE


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?

Tópicos

Updated