Giro

SpaceX converte plataformas de petróleo em ‘espaçoporto’ para nave espacial

Crédito: Reprodução/Redes Sociais

O trabalho nas plataformas está ocorrendo no Porto de Brownsville, perto das instalações da SpaceX em Boca Chica, no Texas (Crédito: Reprodução/Redes Sociais)

A SpaceX adquiriu duas plataformas de petróleo offshore que está em processo de conversão em espaçoporto para sua nave espacial com destino a Marte, de acordo com relatórios. As plataformas, renomeadas de Deimos e Phoibos em homenagem às duas luas de Marte, custaram US$ 3,5 milhões cada.

As plataformas de petróleo foram confirmadas pelo fotógrafo aeroespacial e de lançamento Jack Beyer, que postou fotos de sua transformação no Twitter na terça-feira. O trabalho nas plataformas está ocorrendo no Porto de Brownsville, perto das instalações da SpaceX em Boca Chica, no Texas, onde a nave Starship está sendo desenvolvida.

+ Astronautas entram na ISS após viagem com a cápsula Dragon da SpaceX
+ Cápsula Dragon da SpaceX chega à Estação Espacial Internacional

A SpaceX atualmente usa naves drones para pousar seus foguetes propulsores comerciais. Os testes de sua nave espacial envolvem lançá-la e pousá-la em plataformas em sua base no Texas. O CEO da SpaceX, Elon Musk, revelou em junho do ano passado que a empresa espacial privada está construindo “espaçoportos” para foguetes que viajam entre a Terra, a Lua e Marte.



As instalações da espaçonave também podem funcionar como centros para facilitar a viagem de foguetes a diferentes lugares da Terra. “A Spacex está construindo espaçoporto flutuante de classe superpesada para Marte, lua e viagens hipersônicas ao redor da Terra”, ele tuitou na época.

O bilionário da tecnologia, que recentemente se tornou a pessoa mais rica do mundo, disse no início de 2020 que estava frustrado com o progresso do empreendimento da SpaceX na Mars e ordenou que a empresa fizesse disso a “prioridade máxima” daqui para frente. A nave continua a ser a chave para essa ambição, com vários testes bem-sucedidos já provando que ela é capaz de lançar e realizar uma manobra de pouso-flip complexa.

O primeiro teste de vôo suborbital do protótipo Starship SN8 terminou em uma explosão de fogo, no entanto, testes das versões SN9 e SN10 mais avançadas são esperados nas próximas semanas. Uma vez construída, a Starship será capaz de transportar até 100 pessoas ao redor do Sistema Solar, afirma a SpaceX, com até 1.000 naves planejadas para os próximos 10 anos.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel