Ciência

SpaceX avança com plano de lançamento de seu primeiro foguete tripulado

SpaceX avança com plano de lançamento de seu primeiro foguete tripulado

A plataforma de lançamento 39A do Centro Espacial Kennedy com o foguete Falcon 9 e a cápsula Crew Dragon da empresa SpaceX, na Flórida, em 29 de maio de 2020 - Gregg Newton/AFP

A SpaceX está avançando, de acordo com o planejado, neste sábado para o lançamento de seu primeiro voo espacial tripulado com dois astronautas da Nasa rumo à Estação Espacial Internacional (ISS), embora exista a possibilidade de um novo cancelamento devido ao mau tempo.

A informação foi divulgada pela empresa fundada por Elon Musk e pela Nasa.

“Estamos avançando com o lançamento hoje (sábado). Os desafios climáticos continuam, com 50% de possibilidades de cancelamento”, tuitou o administrador da NASA, Jim Bridenstine.

O lançamento do foguete Falcon com a cápsula Crew Dragon da SpaceX está programado para as 15H22 locais (16H22 de Brasília) do Centro Espacial Kennedy na Flórida. A presença do presidente Donald Trump é aguardada.

O clima forçou na quarta-feira o adiamento do que teria sido o primeiro lançamento de astronautas em território americano em quase uma década, e o primeiro tripulado de uma empresa comercial.

“Procedendo com a contagem regressiva hoje”, anunciou Musk, fundador de SpaceX.

Caso não aconteça, a próxima janela de lançamento, que é determinada pelas posições relativas do local de lançamento à Estação Espacial, é domingo às 15H00 (16H00 de Brasília), quando a previsão é de tempo bom.

Os astronautas da NASA Bob Behnken, 49 anos, e Douglas Hurley, 53, ex-pilotos militares que entraram para a agência espacial em 2000, decolarão rumo à ISS a partir da histórica plataforma de lançamento 39A, como a Apollo 11.

A missão acontece em meio às restrições impostas para conter a pandemia do novo coronavírus, o que obrigou os tripulantes a permanecer em quarentena durante mais de duas semanas.

Desta vez não não haverá espectadores à distância para observar o lançamento como é habitual.

A Nasa pediu ao público que permaneça afastado de Cocoa Beach, o tradicional ponto de observação, mas a solicitação não foi suficiente para os fãs da exploração espacial, que se reuniram no local na quarta-feira passada durante a primeira tentativa.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança